Digite o código para ir direto ao produto

Notícias

e-Newsletter Setembro

03/10/2011

0

  • Furukawa inaugura maior Centro de Distribuição específico de cabeamento estruturado do país 
  • Furukawa apresentou suas mais novas soluções no maior evento de telecomunicações da América Latina
  • Responsabilidade Socioambiental: Divulgação da conquista do Rótulo Ecológico em mídia nacional
  • Programa de treinamento Furukawa ajuda na formação profissional

Documentos

Veja mais

Furukawa conquista mais uma premiação no Brasil

30/09/2011

0

São Paulo, 18 de agosto de 2010 – Furukawa, fabricante de soluções para redes de comunicação, se destaca mais uma vez no mercado de tecnologia da informação. A companhia venceu na noite de ontem, 17, as duas categorias do segmento Infraestrutura, do prêmio Campeões de Canal 2010, da Revista CRN, quando foram reconhecidos os melhores fornecedores de soluções do ano de 2010, no Brasil. 

H. Doi, diretor comercial da Furukawa, recebeu os troféus. “Estamos muito satisfeitos por termos, mais uma vez, a marca Furukawa reconhecida como a melhor em qualidade tecnológica e em relacionamento com seus agentes. São esses os diferenciais que constantemente trabalhamos e que impulsionam o nosso crescimento e sustentação da posição de liderança da Furukawa no setor de infraestrutura de comunicações no Brasil”, disse o executivo. 

A Furukawa vem obtendo forte reconhecimento do mercado nacional. Nesta sexta-feira, 20, o presidente da companhia, Foad Shaikhzadeh, é reconhecido como o “Homem das Comunicações do Ano”, pela Aberimest. Na próxima semana, a marca receberá o “Troféu Onda Verde”, da editora Expressão, por conquistar nível máximo em pesquisa baseada nos indicadores do instituto Ethos e da Bovespa em função de seu compromisso com o Meio Ambiente. Em setembro, receberá o prêmio de “Empresa Destaque do Ano em Fios e Cabos”, do Anuário Telecom, da Editora Plano Editorial. Além disso, a Furukawa está na está...

Veja mais

1º Torneio de Golfe Beneficente Furukawa gera R$ 152 mil

30/09/2011

0

São Paulo, 14 de Dezembro de 2010 – O 1º Torneio de Golfe Beneficente Furukawa, realizado na sexta-feira, 10, no Vista Verde Golf Club, em Araçariguama (SP), gerou R$ 152 mil em recursos. O campeonato foi realizado no formato Pro-Am, em que se enfrentam equipes formadas cada uma por um profissional de golfe e quatro amadores. Houve também competição individual entre os 20 profissionais afiliados às PGA do Brasil (Associação Brasileira dos Profissionais de Golfe) que participaram do evento. 
“Este foi mais um projeto social da Furukawa voltado para formação das crianças e jovens aprovado por todos os participantes e patrocinadores. Reunimos mais de 150 pessoas, criando uma oportunidade impar para a reflexão sobre a importância do papel das empresas na responsabilidade sócio-ambiental”, disse H. Doi, diretor comercial da Furukawa, que anuncia já a realização da 2ª edição do Torneio Beneficente Furukawa para o próximo ano. 
Vencedores - O vencedor individual do 1º Torneio Beneficente Furukawa foi Alex Sandro Leite, que somou 70 tacadas (duas abaixo do par do campo, que é 72). Os vice-campeões - empatados com 71 - foram Antonio Pereira, Caim Vanderlei e José Aderbal, seguidos por Ruberlei Ferlizardo, com 72, e por João Corteiz, com 73. No total, foram distribuídos R$ 10 mil em prêmios aos profissionais. 
O grupo campeão foi o que representou a empresa VBN e era formado pelo profissional Eliecer Antolinez e pelos amadores Valdir Bignardi, Adriano Facchini, Edson Nakata e Julio Nakao. Eles...

Veja mais

Furukawa registra seu melhor faturamento da última década

30/09/2011

0

São Paulo, 30 de março de 2011 – A Furukawa publicou hoje, quarta-feira, 30, o seu balanço anual de 2010. Os dados mostram que o Brasil detém 82% das vendas da companhia, que foram impulsionadas por uma forte penetração da marca no mercado de Data Center, por novos projetos de redes ópticas externas para as cidades digitais e por projetos de modernização de redes de dados corporativas. No ano, a Furukawa registrou uma receita bruta de R$ 432 milhões, 28% a mais que 2009. 

“Sem dúvida 2010 foi o melhor ano para a Furukawa nesta última década e isso se deu pelo bom momento do mercado brasileiro e pela nossa estratégia assertiva em repetir o modelo de sucesso alcançado aqui no Brasil para crescer em novos mercados nas regiões das Américas, Europa e África”, diz Foad Shaikhzadeh, presidente da Furukawa. 

Segundo o executivo, o fabricante detém uma fatia entre 28% a 30% do market share de redes externas no mercado brasileiro. “Por fim, todos estão investindo em infraestrutura óptica para banda larga: as grandes operadoras de telefonia, os novos players desse mercado, as operadoras de energia apostando cada vez mais e os operadores de TV a cabo e serviços triple play retomando os investimentos”, observa Foad. “Este quadro mostra que o nosso esforço para aculturar os mercados em defesa dos cabos de fibra óptica como a melhor solução de acesso e tráfego seguro sem paradas não foi em vão, muito ao contrário: conseguimos mudar muitas opiniões nos últimos três...

Veja mais

PLC 116 vai exigir forte investimento em fibra óptica

30/09/2011

0

A aprovação do PLC 116, que permite a empresas de telecomunicações explorarem serviço de TV por assinatura, vai impulsionar ainda mais o mercado de fibra óptica. As empresas do setor afirmam que é cedo para prever os resultados desse aumento de demanda. Os fornecedores, no entanto, alertam para a necessidade de investir em mão-de-obra, além de demonstrarem preocupação com a alta do dólar.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), já existem 600 pedidos de outorgas para a construção de redes de TV a cabo. Dados do Ministério das Comunicações apontam que as empresas de telecomunicações devem investir cerca de R$ 70 milhões em quatro anos para a expansão das redes de fibra óptica. O planejamento do governo é incentivar essas empresas a investirem só esse ano cerca de R$ 20 milhões. Para isso, o governo concederá isenção de PIS/COFINS para investimentos nas redes. A medida deve significar uma desoneração de cerca de R$ 4 bilhões em quatro anos.

Para o presidente da Furukawa, empresa fornecedora de cabos de fibra óptica, Foad Shaikhzadeh o mercado estava com uma demanda reprimida que foi estimulada com o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e a abertura do mercado de TV por assinatura."Depois da aceleração do setor em 2001, ficamos dez anos sem grande demanda. Agora, o setor volta a expandir. Só esse ano prevemos R$ 25 milhões em investimento", afirma o empresário.

Veja mais